Ita Poeta

Versos Livres

Textos

EI FILHO

ei filho, vê se não sai não
a noite é uma criança
brincando com uma faca na mão

a cada esquina um gole de ilusão
a cada beco um becke de aventura
eu temo pelo fim de tua ternura
não quero carregar o teu caixão


ei filho, vê se não sai não
a noite é uma criança
brincando com uma faca na mão

meu filho a estrada me ensina
que o fogo d prazer é passageiro
que a hora escorrega num braseiro
e a vida acompanha sua sina

ei filho, vê se não sai não
a noite é uma criança
brincando com uma faca na mão

um dia lá pelo ano longe
quando teu prego rebenta
tua mente há de recorda
meu canto ranço desta noite

ei filho, vê se não sai não
a noite é uma criança
brincando com uma faca na mão


ei filho, vê se não sai não
a noite é uma criança
brincando com uma faca na mão


Ita poeta
Enviado por Ita poeta em 15/09/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras